Concursos para Delegado no Centro-Oeste do Brasil

Dando continuidade à série de matérias sobre os concursos para o cargo de Delegado no Brasil – que já passou pelas regiões Sul e Sudeste – chegamos ao Centro-Oeste, conferindo o status dos processos de seleção no Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Distrito Federal

Em fevereiro desse ano, o secretário de Estado de Economia do Distrito Federal, através da Portaria nº 53, autorizou a realização do novo concurso público para Delegado, prevendo o preenchimento de 50 vagas imediatas e a formação de cadastro reserva, contendo 100 candidatos aprovados.

Em contato com a Assessoria de Comunicação da Polícia do DF, nos foi informado que a Divisão de Gestão de Concursos está em processo de elaboração do projeto para contratação da banca, mas que o mesmo ainda não possui data prevista para apresentação.

Como foi o último concurso?

O edital, publicado em dezembro de 2014 e sob responsabilidade da Fundação Universa, selecionou candidatos para o provimento de 100 vagas imediatas e outras 100 para formação de cadastro reserva. Prevendo subsídio de R$ 15.370,64, o mesmo foi dividido em nove fases – que começaram a ser aplicadas em 2015 – sendo elas:

  • Prova objetiva de conhecimentos gerais e específicos

    Foi composta por 200 questões (um ponto cada) no modelo de marcação Certo (C) ou Errado (E).

  • Prova discursiva de conhecimentos jurídicos

    Avaliou temas ligados às matérias de Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Tributário, Direito Civil/Empresarial, Direito Ambiental e Legislações Complementares. Seu valor máximo foi de 30 pontos. Foram selecionados 800 candidatos aprovados na fase anterior para participarem da prova discursiva, e destes, 400 seguiram para as próximas etapas do concurso.

  • Perícia de candidatos com deficiência

  • Exames biométricos e avaliação médica

    Processo foi realizado pela Junta Médica fornecida pela banca responsável, com caráter unicamente eliminatório.

  • Prova de capacidade física (TAF)

    Aqui, o candidato precisava atingir o mínimo de 50% da pontuação máxima para ser aprovado, sendo que cada um teste realizado – entre quatro – valeu 100 pontos. Os testes realizados foram: dinâmico de barra fixa, flexão abdominal, meio sugado e corrida.

  • Sindicância de vida pregressa e investigação social

    Essa fase foi realizada a partir da comissão responsável instituída pela Direção da PCDF, com documentação apresentada via formulário no site da banca.

  • Prova oral

    A prova oral valeu 40 pontos, versando sobre Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Penal e Direito Processual Penal.

  • Avaliação psicológica

  • Prova de títulos

    Teve valor máximo de cinco pontos, sendo atribuídos dois pontos para Doutorado, 1,5 para Mestrado, 0,5 para Pós-graduação e 0,2 para experiência profissional anterior. Todos pontos puderam receber apenas uma vez sua pontuação, com exceção da experiência profissional anterior, que pode ter incluso até cinco registros – totalizando 1 ponto.

Para conferir detalhes sobre os procedimentos específicos do concurso, como o conteúdo programático completo das provas e as avaliações realizadas durante o teste físico, veja o edital completo aqui.

Goias

O último concurso, realizado em 2018, teve sua validade expirada há 2 anos – visto que seu resultado final foi publicado em 2019, e o mesmo seria válido apenas por no máximo um ano – e já há movimentação para novo certame.

Percebe-se que houve um pequeno número de candidatos que foram aprovados fora da lista de provimento imediato previsto no edital (126, ante 100 das vagas imediatas), e também há previsão de promoções e progressões presentes na LOA 2022 de Goiás.

O andamento do processo instaurado para aprovação pode ser acompanhado por aqui.

Como foi o último concurso?

O certame foi estruturado em nove fases, sendo elas:

  • Prova objetiva;


    Teve como primeira parte a prova de conhecimentos básicos, com Direito Penal (15), Direito Processual Penal (15), Legislação Penal e Processual Penal Extravagante (15) e Direito Constitucional (15). Já a segunda foi estruturada com Criminologia (5), Direito Administrativo (5), Direito Civil e Empresarial (5), Direito Eleitoral (5), Medicina Legal (5), Direito Tributário (5), Direito Ambiental (5); e Legislação Estadual e Realidade étnica, social, histórica, geográfica, cultural, política e econômica de Goiás e do Brasil (5), num total de 100 pontos.

  • Prova discursiva;

    Foi dividida entre três grupos, sendo o primeiro com Direito Penal e Processual Penal (sete questões); o segundo com Legislação Penal e Processual Penal Extravagante-revisada (sete questões); e Direito Constitucional (seis questões), totalizando 200 pontos.

  • Avaliação física (exclusiva para candidatos com deficiência física);

  • Avaliação médica;

  • Avaliação de aptidão física;

  • Exame psicotécnico;

  • Avaliação de vida pregressa e atual;

  • Curso de formação profissional;

  • Avaliação de títulos.

Você pode conferir o edital completo abaixo.

Mato Grosso

Publicado em março de 2017, o último edital previa a seleção de candidatos para cadastro reserva. Consultamos a assessoria da Polícia Civil de Mato Grosso, e nos foi informado que não há, até o momento, previsão de um novo certame para o cargo, e que a Academia está com uma turma abastecida pelo edital ainda em vigor.

Como foi o último concurso?

A seleção de Delegados de 2017 foi estruturada em seis fases, sendo elas:

  • Fase com provas escritas (objetiva e discursiva);

    A prova objetiva (P1) contou com 30 questões referentes a conhecimentos gerais; a de conhecimentos específicos (P2) foi realizada a partir de 50 questões. Por fim, a dissertativa (P3) cobrou as áreas de Direito Constitucional, Direito Penal, Direito Processual Penal e Legislação Complementar, a partir de cinco questões.
  • Prova oral e de títulos;

    Na fase seguinte, a prova P4 (oral) foi embasada nas mesmas áreas contidas em P3. Já a prova de títulos contou com a pontuação máxima de 20,45 pontos, variando entre doutorado, mestrado, especialização, e exercício em cargo de carreira policial ou como bacharel em Direito.

  • Exame de saúde;
  • Teste de aptidão física;
  • Avaliação psicológica; e
  • Investigação social.

Você pode conferir o edital completo abaixo.

Mato Grosso do Sul

Há no Estado um concurso em andamento para a função, com edital publicado em novembro de 2021. De acordo com o mesmo, estão sendo selecionados 30 Delegados de Polícia, chamados para se apresentar à matrícula no Curso de Formação Profissional. As etapas do certame podem ser consultadas aqui.

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Tags

Posts relacionados

Skip to content