Por que resolver questões durante a preparação para a primeira fase da OAB?

Camila Lopes - Mentorias

Por:

Camila Lopes Martins

Uma das dúvidas mais recorrentes dos examinandos é quanto ao melhor método de estudos para se preparar para a OAB. E a resposta é que não existe um método universal que seja mais apropriado, isso porque a aprendizagem depende do perfil comportamental de cada um, assim como, do nível de absorção individual quanto ao formato de aprendizagem: visual, auditivo, cinestésico…  

Entretanto, um dos métodos mais utilizados pelos aprovados tanto em provas da OAB, quanto em concursos públicos, é o da resolução de questões. O método de resolver questões propicia um estudo ativo, no qual o aluno aprende ao desafiar o seu raciocínio e tem contato com uma abordagem diversa daquela apresentada em livros e videoaulas. Resolvendo questões o examinando testa o seu conhecimento e é fisgado na curiosidade de entender os pontos que desconhece. 

Os benefícios de estudar resolvendo questões 

Se você ainda não ficou convencido da relevância desse método de estudos, é importante ponderar os seguintes benefícios: 

  • Promove uma maior fixação do assunto estudado: testar o raciocínio sobre algo que já estudamos promove uma maior fixação dos conteúdos. E não tenha medo de errar as questões durante o estudos!  Um incentivo: costumamos gravar ainda mais as informações daquelas questões que erramos. Mas claro, desde que a questão seja feita com seriedade, buscando o acerto e, posteriormente seja feita a correção da questão.   
  • Permite análises de desempenho e direcionamento dos estudos: realizar questões nos traz dados sobre os nossos estudos, não só em quantidade de acertos, mas também, dados quanto ao motivo desses erros: falta de atenção? Falta de conhecimento sobre o tópico abordado? (faça essa anotação ao errar uma questão e ao final revise qual fator foi mais determinante, posteriormente fortifique as dificuldades mais expressivas) 
  • Possibilita conhecer o perfil de cobrança da FGV: conheça o seu inimigo! Realizando questões você entenderá como a banca costuma cobrar (o formato das questões e o padrão de dificuldade que elas costumam ter). Estar habituado a esse padrão te trará mais segurança no dia da prova, pois parecerá que você está em mais um dia de estudos, realizando questões como de costume. 

Como estudar resolvendo questões: 

Momento: Preferencialmente faça questões depois de assistir uma videoaula ou fazer a leitura do material. As questões funcionarão como forma de revisão e de fixação dos conteúdos. Será possível analisar se os tópicos foram de fato assimilados ou precisam de mais aprofundamento.  

Modo de realizar: Enquanto realiza as questões marque os pontos relevantes para resolução do exercício (datas, partes envolvidas, palavras-chave) se necessário monte um esquema rápido ao lado da questão, isso facilitará visualizar as informações que são verdadeiramente importantes. Além disso, as alternativas que gerarem dúvidas você deve marcar com um “?”. Dessa forma, ao final da resolução você lembrará de pesquisar o ponto de dúvida e poderá saná-lo. 

Como corrigir: Não basta marcar um certo ou errado, os assuntos nas questões precisam ter sido assimilados. Mesmo que você tenha acertado a questão, se algum ponto gerou dúvida, essa é a hora de procurar entender os porquês. Já pensou se esse mesmo assunto for cobrado na sua prova e você deixou passar a oportunidade de entender esse conteúdo? Não queremos isso, então ao concluir uma questão, revise! 

Onde encontrar questões para praticar: Nos cursos Ceisc são disponibilizados simulados autorais com questões nos mesmos moldes da FGV, abordando assuntos primordiais para a prova. Além do caderno de questões e gabarito, os alunos possuem vídeo de correção gravados pelos professores das disciplinas para sanar todas as dúvidas que possam ter ficado. 

Ademais, temos a plataforma do Banco de Questões com as questões das provas anteriores da OAB, no qual se pode aplicar filtros por disciplina, ano de aplicação, exame… as questões contam com vídeo de correção dos professores da respectiva disciplina e podem ser refeitas quantas vezes o aluno quiser. 

Para os não alunos, indico que se inscrevam no evento da Revisão Turbo do 35° Exame (https://evento.ceisc.com.br/revisao-turbo-oab-1-fase-xxxv), no qual será disponibilizado um simulado autoral inédito, que também contará com correção em vídeo! Para ter um gostinho do que é ser aluno Ceisc e entender na prática a importância do método de resolução de questões durante a preparação. 

O indicado é resolver um simulado ou prova anterior a cada duas semanas, para manter a consistência em simular as condições enfrentadas no dia da prova, quanto mais acostumado você estiver melhor!  

Muitos examinandos não sabem como encontrar as provas dos exames anteriores. Então aqui vai um tutorial para te auxiliar na implementação desse método de estudos tão importante.  

1°- Entre no site da FGV/OAB: www.oab.fgv.br 

2°- Selecione o exame de sua preferência.  

– Selecione uma seccional para ter acesso às informações do exame. 

4°- Desça a página até chegar na parte “Provas e Gabaritos (1ª fase  – Prova Objetiva)”, ali você encontrará os cadernos de prova e o gabarito. 

Se você gostou das dicas trazidas nessa matéria compartilhe com algum amigo a quem possa auxiliar. Me conte abaixo nos comentários ou ainda, pelo meu Instagram no que esse conteúdo te ajudou. Até a próxima! 

Abração,  
Camila Martins  

Compartilhe

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on telegram
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Colunas Relacionadas

Posts relacionados

Skip to content